Notícias

Furto em fábrica desativada termina com 16 presos em São Leopoldo

Dezesseis pessoas foram presas na noite de terça-feira (1º) em São Leopoldo, no Vale do Sinos, Região Metropolitana de Porto Alegre, suspeitas de envolvimento com o furto de equipamentos de uma fábrica desativada há quase um ano.

Um caminhão guindaste chegou a ser usado para carregar uma das máquinas. De acordo com o boletim de ocorrência registrado pela polícia, entre 30 a 40 pessoas estavam no local carregando equipamentos e até partes da estrutura do prédio.

Quando a polícia chegou ao local, várias pessoas conseguiram fugir, mas 16 foram rendidas e presas em flagrante.

Para acessar a fábrica, parte do muro foi derrubado. O portão foi aberto, e cadeiras e bicicletas foram colocadas em um reboque.

Um caminhão com reboque era utilizado para carregar uma máquina de 10 toneladas, avaliada em cerca de R$ 50 mil. Outros três veículos e três carroças seriam utilizadas para carregar o material.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *