Dicas de Gramado e Canela Redação Onde.ir

10 lugares para aproveitar o verão em Gramado e Canela

Gramado

 

Lago Negro

Um dos pontos turísticos mais expressivos de Gramado, o Lago Negro é o lugar perfeito para curtir o verão. As opções vão desde uma caminhada em torno do lago, em uma trilha fresquinha e rodeada de verde, sombreada pelas inúmeras árvores do lugar, um passeio de pedalinhos por todo o Lago, em dupla ou em família ou até mesmo tomar um sorvete ou fazer um piquenique no gramado do lugar.

 

Lago Joaquina Rita Bier 

Fora da temporada do Natal Luz, é um dos lugares favoritos dos gramadenses para caminhadas ao redor do lago, por ser mais próximo do centro. Bancos estão dispostos ao seu redor e caso caminhar não seja seu objetivo, você pode simplesmente ficar ali, contemplando a tarde e o por do sol. Em 2019 o lago será revitalizado.

Snowland

Este é para quem quer neve e frio mesmo! O primeiro parque de neve indoor das Américas, tem temperatura de 18°C à 22ºC no Vilarejo Alpino, fora da montanha de neve, e dentro dela a temperatura varia de -3°C à -5°C.

O parque possui 16 mil metros quadrados, sendo 8,1 mil m² dedicados à magia da Neve! A capacidade de visitação é de até 3,5 mil pessoas por dia.

Vir para a Serra Gaúcha e não ver Neve é como ir para a praia e não ver o Mar.

Le Jardin Parque de Lavanda

O primeiro parque de lavanda do Brasil. Inspirado nos parques de lavanda da Europa e dos EUA, o Le Jardin trouxe a Gramado esta atração inovadora. Que tal um passeio inesquecível por um amplo jardim, conhecendo diferentes tipos de lavanda, deixando-se envolver pelo maravilhoso aroma do óleo essencial desta planta?

 

Vinícola Ravanello 

O cenário é deslumbrante e os vinhos deliciosos. A Vinícola Ravanello está equipada com o que de mais avançado há em tecnologia de elaboração de vinhos de alta qualidade.
Além disso, um lindo prédio funciona também como espaço gourmet, com capacidade para receber até 60 pessoas.

 

GramadoZoo 

Um zoológico que não possui grades e sim vidros blindados, dando e sensação de se estar imerso em meio ao ambiente natural de cada espécie. Assim é o Gramadozoo, um parque que, acima de tudo, preza pelo bem-estar animal, pesquisa, educação e conservação ambiental. Reunindo mais de 1,5 mil animais, todos de espécies exclusivamente da fauna brasileira, o Gramadozoo ainda conta com a visitação noturna, na qual é possível observar o comportamento de diversas espécies à noite, conotando uma experiência única.O parque conta ainda com um lindo restaurante que representa uma oca indígena e apresenta esplendorosa vista de vales que cercam Gramado.

Canela

Ecoparque Sperry

O Ecoparque Sperry é o mais novo empreendimento turístico dedicado a atividades de preservação do meio ambiente. Com localização privilegiada dentro do Vale do Quilombo, na Serra Gaúcha, situa-se a apenas 8 Km do centro de Gramado e 10 Km do centro de Canela. Conta com uma área de 20 hectares em meio à Mata Atlântica banhada por 3 cursos d’água: O arroio Quilombo, o arroio Trombão e o riacho Cristal. Todos com forte declive em relação às suas nascentes, proporcionando a formação de diversas cachoeiras, cascatas e cânions. São estes cenários naturais intocados que descortinam-se através das trilhas e convidam os visitantes para um agradável percurso recompensado com panorâmicas em mirantes permitindo uma verdadeira interação com a natureza local.

 

Alpen Park

O famoso trenó, quadriciclos, tirolesas, arvorismo, escaladas, touro mecânico, bungee em uma área de 60.000 m², fazem do Alpen Park o melhor complexo de aventura, diversão e entretenimento da Serra Gaúcha! Além de todas essas atrações, ainda há, Simulador Mini Rider, Cinema 4D, Interactive 5D, Montanha Russa e muito mais.

Parque Caracol

 

A famosa Cascata do Caracol tem uma queda com queda livre de 131 m, formando uma paisagem de rara beleza. O Parque conta com moderna infraestrutura, mirantes, observatório ecológico com elevador panorâmico, restaurante, área de lazer, lojas de artesanato, passeio temático de trem, trilhas ecológicas e escadaria de 927 degraus que conduz à base da Cascata.

 

Parque da Serra – Bondinhos Aéreos


Belíssimas paisagens de montanhas e vales, fauna e flora rica e diversificada, arte e tecnologia de ponta. O complexo turístico Parques da Serra reúne tudo isso em um grande empreendimento formado por três estações. Interligadas por modernos bondinhos aéreos (teleférico) de tecnologia suíça, as Estações Central, Animal e Cascata permitem ao visitante contemplar a bela Cascata do Caracol e a exuberante natureza deste vale por um ângulo privilegiado.

Parque do Pinheiro Grosso

O Município de Canela tem no turismo ecológico ou de exploração racional da paisagem, os recursos naturais. A riqueza de exuberantes paisagens e de elementos naturais em equilíbrio ecológico, com vocação para o ecoturismo e turismo de aventura é o maior produto das dezenas de parques temáticos instalados no município.

O ar puro, conjugado a uma estrutura, permitiram aos visitantes momentos inesquecíveis. O Pinheiro Grosso é um sobrevivente do ciclo madeireiro de Canela. Remanescente da mata nativa original, sobreviveu por não ser madeirável devido às bifurcações do tronco. Os demais pinheiros gigantescos do entorno foram suprimidos na época.

O Parque do Pinheiro Grosso tem como finalidade a proteção integral deste raro espécime, cujo nome botânico Araucária angustifolia representa a espécie dominante na paisagem da Floresta Ombrófila Mista, tendo sua origem a mais de 200 milhões de anos no solo brasileiro. Atualmente a espécie está concentrada na Região Sul do Brasil, domínio Mata Atlântica, até o norte da Argentina e Paraguai e se encontra em Perigo Crítico de Extinção, segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN). O Zoneamento do Parque do Pinheiro Grosso, determinado pelo Plano de Manejo divide-se em três segmentos com características, definições e normas de uso distintas, sendo a Zona de Uso Intensivo o local mais antropisado, – onde estamos no presente momento – que recebe as edificações e instalações de apoio, com função de facilitar a recreação intensiva e a educação ambiental.

A Zona Intangível representa o mais alto grau de preservação e de restrição antrópica; é destinada a proteção integral do Pinheiro Grosso sua fauna e flora associada ao ecossistema local. Já a Zona Primitiva possui características de transição entre as zonas anteriores, com a função de preservar o ambiente natural e, ao mesmo tempo, proporcionar formas de recreação e lazer mais ecológicos, próprios do ecoturismo e turismo de aventura. Esse parque faz parte do projeto “Veraneio na Serra”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *