Redação Onde.ir

Ametista de 31 toneladas está à caminho de Gramado

Uma ametista de 31,3 toneladas está sendo transportada de Soledade, na Região Noroeste, para um museu de pedras preciosas de Gramado, na Serra. O trajeto de 275 quilômetros será acompanhado por uma escolta de batedores.


A pedra, de seis metros de altura e quatro metros de largura, saiu de Soledade em uma carreta-guincho por volta das 7h desta terça-feira (11). A expectativa é de que o transporte seja concluído apenas entre quarta (12) e quinta-feira (13), já que, devido às dimensões da ametista, a operação só pode ser realizada durante o dia.

A carga seguiu pela BR-386 e pelas RS-287 e RS-240 até Montenegro. A partir daí, o trajeto até Gramado será avaliado conforme o trânsito e os trechos de serra, mas há a possibilidade de que a pedra passe pela BR-116, na Região Metropolitana. O destino da ametista é um museu de pedras preciosas Brilha Pedras que fica às margens da RS-235.

O trânsito poderá ser afetado nos trechos de rodovias por onde a carreta e os batedores passarem. As polícias rodoviárias foram acionadas para auxiliar no transporte.

O empresário Gilberto Bortoluzzi, de Soledade, é o responsável pela empreitada. Há 40 anos, ele trabalha no setor de pedras preciosas, seguindo os passos do pai. Ele e os irmãos também são donos do museu que vai receber a ametista em Gramado, considerada por eles a maior do mundo.

— Essa pedra foi extraída no Uruguai, veio para nós e foi vendida para um museu da Alemanha. O dono acabou desistindo e, como somos amigos de longa data, ele cedeu a pedra para nossa empresa. De que a gente tenha conhecimento, não tem outra ametista no mundo maior que essa. Já ouvimos falar em três toneladas, oito toneladas, mas nesse patamar não.

Assim que chegar a Gramado, a ametista ficará exposta na entrada do museu. O local é um dos pontos turísticos de Gramado e, além da exposição de pedras preciosas, o museu tem 80 metros de túneis, reproduzindo uma mina verdadeira.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *