Feira Zero Grau deve abastecer o varejo para um final de ano com forte demanda pela aproximação do final da pandemia

Negociações Zero Grau 2020 Negociações Zero Grau 2020

Entidades do varejo do calçado acreditam que este final de ano terá uma forte demanda com aceleração de alguns dos tradicionais itens de consumo, onde está situado o calçado. "Agora, com a questão pandêmica indo para o seu final e a promessa de um final de ano de muita demanda por parte dos consumidores, que estão ávidos por voltar às compras, a feira certamente será um extraordinário sucesso", afirma o presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha, Marcelo Lauxen Kehl.  E ele acrescenta que o ambiente da feira deverá ser seguro em termos sanitários, o que vai auxiliar na convergência de lojistas ao local. Da mesma opinião é Julita Michels, vice-presidente das Câmaras Setoriais da Câmara dos Dirigentes Lojistas – CDL -, de Joinville, SC. Ela vem para feira com um grupo de lojistas organizado pela entidade. "Estamos esperando ansiosos pela feira, pois ela é um norte para compras, nos dando segurança para escolher as tendências corretas e fazer uma compra mais assertiva", acentua a também proprietária da loja Joyce Modas.  A Zero Grau – Feira de Calçados e Acessórios vai acontecer de forma presencial de 15 a 18 de novembro, nos pavilhões do Serra Park, em Gramado (RS). 

O diretor da Merkator Feiras e Eventos, Frederico Pletsch, conta que a promotora está muito empenhada em oferecer um espaço seguro e promissor para os negócios que ficaram represados durante o ano. Há  expectativa do setor calçadista crescer em produção cerca de 12% este ano sobre o resultado obtido no ano passado, mesmo ainda com defasagem em relação ao período antes da pandemia, é um índice positivo. "Queremos fazer parte deste momento que será a retomada dos negócios setoriais e que vai marcar um momento diferenciado tanto para as fábricas como para as lojas", afirma Pletsch. A confirmação da vinda de compradores nacionais e estrangeiros seguramente está "mexendo com as estruturas da indústrias e do varejo. Cada um na sua área estão fazendo seus planejamentos para a compra e venda nos três dias de feira e isto para nós é essencial", acentua o empresário. Este movimento é perceptível com o volume de profissionais buscando o credenciamento antecipado, que foi uma medida adotada para prevenir filas e evitar possíveis aglomerações no acesso aos pavilhões. "Estamos felizes com esta forte adesão", finaliza ele.

PARCEIROS QUE VISUALIZAM A NECESSIDADE DO MERCADO - Zero Grau conta com o apoio do Sindicato da Indústria de Calçados de Estância Velha, Sindicato da Indústria de Calçados de Ivoti, Sindicato da Indústria de Calçados de Igrejinha, Sindicato da Indústria de Calçados de Novo Hamburgo, Sindicato da Indústria de Calçados de Parobé, Sindicato da Indústria de Calçados de Sapiranga e Sindicato da Indústria de Calçados, Componentes para Calçados de Três Coroas.                           

Informações Adicionais

  • Marta Araujo
  • Marta Araujo
  • Dinarci Borges
Hard Rock Cafe Gramado apresenta projeto inovador ...
Doação de brinquedo é revertida em ingresso no 'Mê...

Posts Relacionados

By accepting you will be accessing a service provided by a third-party external to https://gramado.onde.ir/

Apoiadores