Redação Onde.ir

Prefeito Fedoca garante 1/3 das horas atividades para professores municipais de Gramado

img-44.jpg

Em decisão que era aguardada há muito tempo pelos professores de Gramado, o prefeito Fedoca – João Alfredo de Castilhos Bertolucci (PDT) garantiu a concessão de 1/3 da carga horária para atividades extraclasse com planejamento escolar. A portaria de número 709/2017 foi assinada na presença de cerca de 500 pessoas durante o encontro com a classe escolar na última sexta-feira, 17 de fevereiro, no ExpoGramado, que deu abertura ao ano letivo, garantindo uma antiga demanda da classe. 

Fedoca lembrou que este foi um dos compromissos de campanha, um acordo realizado entre a Secretaria de Educação, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Gramado (SSPMG) e representantes do corpo docente do município. “Nesse primeiro semestre teremos um período de adaptação, mas já está assegurado esse 1/3 tão sonhado e tão desejado por todos os professores”, destacou.

O presidente do Sindicato, Nairton Laucksen, disse que os servidores ficaram muito felizes com o direito conquistado, já que no mínimo há três anos a reivindicação era negociada com a Administração Municipal. “Agradecemos ao governo por reconhecer os nossos problemas e atender um pedido nosso, proporcionando esse direito aos professores, cumprindo assim uma promessa de campanha”, salientou. 

Laucksen reforça que, com o cumprimento da lei, os professores poderão usar 1/3 de sua carga horária para o preparo de aulas, correção de trabalhos e provas, bem como atender a outros trâmites burocráticos que não são possíveis na presença do aluno.

Durante o encontro, o prefeito ainda registrou a conquista da Universidade Aberta do Brasil (UAB) para Gramado, durante sua visita a Brasília, e que em março uma comitiva vem até a cidade para inspecionar as escolas e verificar o local para a instalação, para que no segundo semestre já iniciem as atividades.

“Nos ajudem para que a gente transforme esse local num espaço de saber, e que possamos valorizar o nosso professor, capacitar com melhores condições os alunos e vermos a nossa querida cidade se desenvolvendo como de fato sonhamos todas as noites, não só no travesseiro, mas dentro de nossos corações”, expressou Fedoca.

Valorização da classe marca início do ano letivo

Além da assinatura da portaria, a abertura do ano letivo foi um momento de descontração entre a classe escolar. Com malabares e apresentações artísticas, a Secretaria Municipal de Educação (SME) deu início, oficialmente, ao ano letivo. 

Após apresentar a equipe de trabalho da SME, a secretária da pasta, Gilça dos Santos Silva, deu as boas-vindas aos presentes lembrando do porquê estavam ali. “Somos obstinados, queremos pessoas melhores. Por isso, escolhemos esta profissão”, disse a secretária, que ainda reforçou: “A educação move o mundo, e o combustível somos nós, que trabalhamos nesta área, pois todas as profissões passam pelas mãos de um educador”. 

Ao apresentar um vídeo motivacional, Gilça buscou momentos de reflexão junto à classe, como a responsabilidade que cada um encontra no dia-a-dia e a busca pela satisfação como profissionais da educação. “Somos responsáveis. Primeiro por nós, depois pelos que dependem de cada um de nós: filhos, maridos, esposas, e os nossos alunos”, explicou.

Para Gilça, o desafio da classe está em ver que o presente é uma oportunidade única de viver de um jeito diferente, repensando o que foi feito e projetando o futuro. “Como podemos mudar nossos relacionamentos e nossas energias negativas para construirmos um espaço profissional onde a premissa esteja no respeito, no companheirismo e na ajuda mútua”, destacou a secretária, que finalizou com uma frase de Steve Jobs, que deu norte a todo o evento. “Se tu desejas, pode voar, só tens de confiar em ti”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *