Tour Cânions

Tour Cânions

Visita ao Canyon do Itaimbezinho e/ou Fortaleza - Parque Nacional Aparados da Serra e Serra Geral (o maior da América Latina).

Derrame basáltico milenar, com mais de 700 m de profundidade e 7 km de extensão. 

Passagem por São Francisco de Paula, com visita ao Lago São Bernardo.



CÂNION ITAIMBEZINHO:

Visitação: A bilheteria fica aberta de quarta a domingo, das 9h às 17h, sendo que a Trilha do Cotovelo fecha às 15h. Atentar que o Parque Nacional de Aparados da Serra fecha às 18h e todos os visitantes precisam sair neste horário.

Ingresso: R$ 6,00 por pessoa. Criança até 7 anos não paga.

Estacionamento: R$ 5,00 (carros leves) / Ônibus: R$ 10,00.

Infraestrutura:  Centro de visitantes com exposição, auditório, banheiros públicos, informações turísticas, maquete dos cânions e bancos para refeição.

Itaimbezinho é a grande estrela da região. É o cânion mais famoso e também um dos mais belos. Suas paredes medem 5,8 km de extensão, 720 metros de profundidade e 600 metros de largura.

O nome é de origem tupi-guarani, alusivo aos antigos habitantes do local, e significa “ita=pedra” e “aimbé=cortada, afiada”, ou seja, pedra cortada ou pedra afiada.

Na parte alta, duas trilhas permitem visitar os principais atrativos do Itaimbezinho e do Parque Nacional de Aparados da Serra:

  • TRILHA DO VÉRTICE - É a trilha mais curta, com 1,4 km de extensão. Leva-se em média 45 minutos de caminhada (ida e volta). O nível é fácil. Pessoas de todas as idades podem fazer esta trilha. Há mirantes, passarelas e placas. O primeiro mirante permite ver a Cascata das Andorinhas, que possui uma queda de aproximadamente 300 metros de altura. Suas águas são formadas pelo Arroio Perdizes. No segundo mirante é possível ver a Cascata Véu da Noiva. Possui uma queda com cerca de 500 metros. Suas águas são formadas pelo Arroio Preá, que ajuda na formação do Rio do Boi, que fica na parte de baixo do cânion. No terceiro mirante é possível ver as duas cascatas e o início do Itaimbezinho, que é em forma de vértice e dá origem ao nome da trilha.
  • TRILHA DO COTOVELO - A trilha possui 6,3 km de extensão. Leva-se em média 2h30 de caminhada (ida e volta). O nível é fácil. Pessoas de todas as idades podem fazer esta trilha. A maior parte do trajeto, 4 km, é feita por uma antiga estrada do parque. O restante do caminho é feito pela borda do cânion. Chegando ao mirante é possível ver a imagem clássica dos paredões do Itaimbezinho com o caminho do Rio do Boi no meio. Também é possível ver de pertinho as duas cascatas e uma terceira, chamada de Seu Marçal.

DICA: * As trilhas do Vértice e do Cotovelo podem ser feitas tranquilamente num dia. * Faça o passeio de manhã. Saia cedinho para o cânion, entre 8h e 8h30. A incidência de nevoeiro é menor pela manhã.

  • TRILHA DO RIO DO BOI - Esta é a trilha mais longa e também a mais difícil. O acesso é por Praia Grande (SC) e só é possível fazê-la com o acompanhemento de um guia ou condutor credenciado.  A caminhada é feita na parte de baixo do Itaimbezinho, no seu interior. São 8,3 km de trilha (ida e volta) passando por dentro do rio, com pedras e muita água como obstáculos. A caminhada dura de cinco a sete horas. No verão o passeio possibilita banhos em cachoeiras e piscinas naturais.

DICA: * Reserve um dia para esta atividade e vá com roupa de banho por baixo da roupa.  * Esteja preparado para molhar o corpo e os calçados.

 


CÂNION FORTALEZA:

Visitação: Aberto diariamente, das 8h às 17h. Saiba que o Parque Nacional da Serra Geral fecha às 18h e todos os visitantes precisam sair neste horário. Durante a vigência do horário de verão o Fortaleza fica aberto até às 18h e a permanência é permitida até às 20h.

Ingressos: Entrada gratuita

Infraestrutura: Banheiro público no posto de fiscalização do Ibama, que fica na entrada do parque.

O Fortaleza é o maior de todos os cânions e também um dos mais bonitos.  Seus paredões têm 7,5 quilômetros de extensão e, em alguns pontos, até 900 metros de altura. O nome se deve ao formato geológico, que lembra uma fortaleza. Confira as trilhas que podem ser feitas:

  • TRILHA DO MIRANTE - Apresenta um percurso de 3 km (ida e volta). Nesta caminhada observa-se 95% do cânion Fortaleza. Em dias claros é possível ver parte da planície catarinense e parte do litoral gaúcho. A subida até o topo é feita em 1h30min. A vista é maravilhosa! Aproveite para sentar nas pedras e curtir a vista panorâmica dos paredões e encantar-se com o caminho traçado pelo Rio da Pedra, que corre na parte de baixo. Na volta confira as seguintes atrações:
  • TRILHA DA CACHOEIRA DO TIGRE PRETO - Esta caminhada apresenta um percurso de 3 km (ida e volta). Nela é possível observar 10% do cânion Fortaleza e as três quedas d´agua da Cachoeira do Tigre Preto. Antes de visualizar a cachoeira de frente é preciso passar por cima dela. Um lajeado possibilita a caminhada. Seguindo a trilha pode-se contemplar toda a beleza da cachoeira de frente. A queda d’água têm 400 metros de altura. Quem tiver disposição pode seguir em frente e conhecer a misteriosa Pedra do Segredo.
  • TRILHA DA PEDRA DO SEGREDO - Seguindo a trilha da Cachoeira do Tigre Preto é possível chegar até a Pedra do Segredo. A pedra chama a atenção por suas características. É formada por um bloco monolítico de cinco metros de altura e de aproximadamente 30 toneladas. Mas, o que encanta mesmo os turistas é o fato dessa grandiosa pedra estar equilibrada em uma base de cinquenta centímetros.

MAIS INFORMAÇÕES:  Sobre os parques, o turismo e condições das estradas:

Direção dos parques:   
Telefones: (54) 3251.1277 / 3504.5289 / 3251.1262
Skype: pn.aparadosdaserra.serrageral
Email: parnaaparadosdaserra@icmbio.gov.br


Casa do Turista (informações turísticas):
Telefone: (54) 3251.1320

Secretaria Municipal de Turismo:
Telefone: (54) 3251.1557
Email: turismocambara@tca.com.br

Tour Noite Gaúcha
Tour Gramado/Canela RS